Seja bem vindo! Confira as matérias mais recentes mais abaixo rolando a página. Confira em nossos arquivos outras imagens e assuntos pela barra lateral a direita. Obrigado.

quinta-feira, 29 de abril de 2010

F5A - 3.parte

Segue mais algumas fotos que ilustram a transformação.

Abaixo, um comparativo. Antes e depois.



Note as bordas das laterais que tiveram sua espessura reduzida, para o modelo de ´78.






Foto: autosport.aeiou

O F5A não era um carro-asa puro. Tinha a 'alma' do então F5, de Bellamy. Sobre o monocoque foram então trabalhado outros conceitos, como a tendencia aerodinamica dos carros-asa e mini-saia para canalisar o fluxo de ar por sob o carro.
Nas fotos abaixo mostra-se o detalhe incerido na lateral. O modelo F5A, originalmente, quando de sua remodelação pelo estudio Italiano. Tinha uma entrada de ar exatamente nesse ponto da carenagem, uma abertura. A Fittipaldi fechou essa abertura. Como? Rebitando uma chapa! Sim...uma chapa..então, a mesma deformou-se e assim ficou. Ficou mesmo...e não me pergunte porque, com certeza não foi por falta de chapa. Veja na foto acima.(vou localizar imagem em meu arquivo dessa deformação que buscou-se reproduzir na miniatura)





A saia (não a mini saia) em toda a borda da lateral da carroceria tinha um perfil voltado para fora. Sobre esse, parafusos afixavam provavelmente os mecanismos da minisaia. Também pode ser visto como pequenos pontinhos pretos na imagem do carro real.

2 comentários:

  1. Oi Julio Cear ,já coloquei seu blog nos meus favoritos ,seu trabalho é incrivel!

    Só uma pequena correção ,o F5 foi projetado pelo David Baldwin por isso o F5 é tão semlhante ao Ensign de 76.

    ResponderExcluir
  2. Diga aí Jonny´O, prazer em ter voce aqui...

    Corretíssimo...alias, eu digo o seguinte, o F5 é um Ensign 'evoluido'(quanto a design, não performance).
    Porém, o F5A, foi uma remodelação que ocorreu nos estudios de Giacomo Caliri e Mauro Forghieri. Além da atenção totalmente voltada para a aerodinâmica( já que carros não asa não eram competitivos, tanto que outro que chegou com 'atraso' foi o willians Fw06) o 'Studio' também retirou 'gorduras' do carro, reduzindo seu peso. Um trabalho notável em que Emerson viu-se espantado com o ganho, e com detalhes 'banais' como parafusos.
    A suspensão dianteira do F5 original não era a mesma do F5A, por exemplo, esse ultimo utilizava balancins superiores enquanto o primeiro tinha um complexo sistema 'pantográfico'. Esses 'detalhes' conferiram ao F5A os melhores resultados da historia da equipe, totalizando 21 pontos.

    ResponderExcluir

Seguidores