Seja bem vindo! Confira as matérias mais recentes mais abaixo rolando a página. Confira em nossos arquivos outras imagens e assuntos pela barra lateral a direita. Obrigado.

sexta-feira, 30 de abril de 2010

F5A - 4.parte e F6 - South Africa

Hoje trago as fotos finais do monocoque do F5A, nas três versões e inicio com fotos do F6, que correu na Africa do Sul em 79, já que no Brasil, uma versão modificada do F5A foi usada.

O F6 aqui representado difere em algusn detalhes do carro do lançamento, mas a mais significativa é o desenho garrafa de coca-cola (que seria popularizado por Barnard) e já estava presente no bordline do F6. Aliás, (aqui uma leiga opnião de um miniaturista, fá de SportMotor) eu acredito que se o F6 houvesse sido construído em Fibra de Carbono reforçada com Kevlar (se houvesse a tecnologia disponível, o que se daria em 80 com a McLaren) talvez a história fosse outra (e também não houvesse o embargo velado de potencia para os cosworth destinados a Fittipaldi).

Isso porque, o calcanhar de aquiles do F6, que arrancou um "estamos ferrados"(para não dizer m...) de Emerson confidenciando a Wilsinho após o primeiro teste, era a torção excessiva do monocoque, que não dispunha de rigidez o bastante.

Com isso(e talvez um desenquilibrado DowForce), o carro, tinha sobesterço, desintegrava os pneus dianteiros, que desprendia pedaços de borracha que alojar-se-iam no frontal dos radiadores laterais, pelo seu posicionamento. Não, os radiadores não estavam em posição incorreta.

O desenho foi para além da época. Em outro post, tentarei buscar fotos em que essas caracteristicas de desing e conceito se apresentam.
Muitas das caracteristicas do F6 são vistas nos Mp4 (de Barnard) e nos carros que se seguiram a esse pelos outros Team. O fluxo aerodinamico do F6 era bem limpo, quanto a arrasto e Cfx.
O formato de garrafa de coca-cola como ja dito acima.
O conceito dos aerofólios dianteiros (veja que esses lembram até a F189 de mansel, inclusive no desenho do bico.
O posicionamento dos radiadores laterais.
A saida dos gases de escape.
A seção do monocoque.
(...)


F6 - Constução do Master



O master a ser usado para moldagem foi totalmente construído em chapa de estireno, sem adptações ou correções de outro kit, tampouco usou-se alguma peça canibalizada de outro modelo.

abaixo, a miniatura montada. produzida em resina e peças de metal branco.


Modelo montado por Alessandro Ribeiro
Modelo pertencente a Michel T.R.




F5A - 4.parte

Abaixo, mais algumas fotos do F5A em processo de finalização e finalizado.
Na peça abaixo, Monaco ´79, repare que a lateral difere do 78. Entre outras, agora não há a adaptação da 'chapa', mas um painel de acesso por toda a extensão.


Observe-se as três versões do F5A escolhidas para reprodução.
Ao fundo o Brasil´78, ao centro Monaco ´79, e a frente Alemanha ´79.





O master Br´78 finalizado, aguardando o primer.

Acima, o modelo 'errado', abaixo a copia da miniatura com desenho correto.

Copia do Br´78.



Modelo montado por Alessandro Ribeiro.

Modelos pertencentes a Michel T.R.


GP Brasil ´78



GP Brasil ´79



GP Monaco ´79

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seguidores