Seja bem vindo! Confira as matérias mais recentes mais abaixo rolando a página. Confira em nossos arquivos outras imagens e assuntos pela barra lateral a direita. Obrigado.

terça-feira, 10 de julho de 2012

Mark Webber (não se trata de ser brilhante)

...and Mark is the winner. (da série Domingo Azul e Amarelo)
fotos:web
valeu Mark

E assim...sem 'kriptonita' (ou será Redtonita?) mais uma para Mark.


Já tem um tempinho que não posto comentários sobre a atual F1, e até criara um novo espaço para isso, e outros assuntos, o ESPAsso Kritico. Em que a proposta era reservar este blog à assuntos destinado apenas e tão somente a miniaturas, mas... acho que é uma migração que terá que ser feita paulatinamente.


Bem, Mark Webber executou eficientemente o seu trabalho. Para aqueles que já acompanharam minha opnião por aqui sabem de minha preferencia a Mark em detrimento de Vettel, em que, apesar de notável desempenho considero seus títulos mérito de outra força que não somente de sua capacidade de pilotagem, dita tão superior assim, até porque, sua capacidade psicologica nunca estiveram nem no vácuo de sua habilidade como piloto. Como disse o comentarista Global, Marck não se mostra o 'piloto brilhante' mas sua competência é fato. Bem, se formos entrar por essas veredas, brilhantismo, o assunto rende. Stirling Moss é o conhecido campeão sem título, assim como nós brasileiros (os mais da antiga) também considero Pace dentro desse Rol. Mark, que teve seu primeiro destaque, se não me engano, com um quinto lugar ao volante de uma Minardi...aquela, ainda pretinha e fraquinha... e que foi comemorado como vitoria pelo chefe-proprietário (Paul, não?). Teve um momento meio desafeto quando então ja na Jaguar 'dificultou' um pouco a vida de Pizzonia. Mas Mark sempre mostrou estar a altura de se por dividindo freada com qualquer um dos 'the best of the best', e detalhe... sem precisar deixar esparramar, tocar roda, aliviar no meio da curva para anular o aproach e a saída mais lançada...espremer adversario no muro ou na grama... ou qualquer outro joguinho não limpo. Independentemente da amizade que permeia Alonso e Mark, o momento da
ultrapassagem foi um dos momentos mais bonitos da corrida. De forma aguerrida mas limpa, assim se deu a disputa pela primeira posição, cada qual alternando um outro traçado na busca por uma vantagem milionésima. Normalmente são episódios observados quando da participação de Jason.


Mark pode não ser o 'piloto brilhante' mas é competente e seus resultados são fruto de sua capacidade e não da 'força do patrocinador' ou de privilégios por ser o 'garotinho do time'. Sim, Vettel ainda não me desce... tá certo que ele não precisa de minha simpatia, mas tão pouco eu pela dele. E sempre lastimo que o
titulo de um bicampeonato tenha se reduzido a tanto. Ele pode ser de fato o atual bicampeão... mas... longe...ah...mas muito longe de outros Bicampeões com B maiúsculo que estão na lista imortalizada dos campeões da F1. 
Foi preciso ver Schumy deixar o carro parado na Rascasse, tentar jogar Villeneuve para fora (depois de ja ter jogado Hill), tentar fazer 'suco de Rubens', (e por ultimo encher a traseira do Bruno e ainda dizer que ele era o babaca) para que abrissem os olhos e vissem que o multi campeão tem 'o lado negro da força'.
Se preciso dizer um nome desta nova F1...nem é necessário esforço para isso, o nome é Alonso. Pode até não terminar com o título, mas os numeros até o momento e a sua participação na pontuação de todas as corridas são o resultado de sua excepcional competencia frente aos que aí estão. Um piloto que é tão atento a ponto de perceber a falha de outro saindo dos boxes, como Hamilton ao queimar a faixa em um GP passado, reduzir o ritmo mesmo na chuva para numa unica oportunidade aproveitar o melhor momento de pneu e pista... ou seja, um piloto que se adequa as adversidades a qual fica esposto, sem duvida está acima dos outros.

Para mim é tão notório ver o (falso) brilhantismo de um Vettel estar no nível da performance de um Grojean (não é o Grojean um Vettel de ontem, como aquele que disputou até bater, o segundo posto com Robert Kubica?). Rápido? Koba é rápido...Perez é rápido... ah..que pena não haver uma formlua procar, como aquela com M1 na decada de 80... e todo mundo andando com 'o mesmo carro', e que o Nelson foi campeão... (tal como ocorre na prova de kart do Desafio das Estrelas).


Nessa era de 'quero tchum quero tcha'... querem fazer a gente engolir na marra certas coisas que acabam se tornando uma ação amoral. Consideram-nos disprovidos de qualquer capacidade pensante ou analítica... (mas isso é assunto para outro post).


É uma pena que Mark divida não o carro com um bom piloto, mas, tenha que tirar leite de pedra para ganhar o prestigio da equipe, em que não basta estar a frente no campeonato. Aqui no Brasil eu nunca vi uma embalagem de RedBull com o Mark Webber... (a Ferrari, quando Michael quebrou as pernas e Eddie tinha a chance de ser campeão...teve o disparate, entre outros, de ter apenas 3 pneus no pit quando Eddie veio para a troca!...não, Eddie não podia levar o título, a Ferrari não queria. E assim foi). Não é o carater que aperta o acelerador ou que compõem todas as habilidades para a performance do piloto, tão pouco confunda-se carater e ser simpático. Sem duvida o carater é fundamental para que esse brilhante piloto seja humano e se configure como uma pessoa, para que só então possa ser iconizado e idolatrado, sem presunção ou prepotencia, mas alguem que se presta a dar o melhor de si, sem que para isso tenha que prejudicar ao outro, obtendo resultados de forma justa e ética.


Assim, encerro esse post dizendo que, para mim, no primeiro lugar do podium de Silverstone, ficaram Mark e Alonso. 

Um comentário:

  1. Certa vez na Austrália, Dick então já penta campeão do mundo, foi andar de kart numa dessas pistas de aluguel...ao final da tarde vieram dizer a ele que tinha feito um temporal. Um pouquinho mais lento que um certo Mark!

    ResponderExcluir

Seguidores