Seja bem vindo! Confira as matérias mais recentes mais abaixo rolando a página. Confira em nossos arquivos outras imagens e assuntos pela barra lateral a direita. Obrigado.

sábado, 15 de dezembro de 2012

MAVERICK´s GRECO E HOLLYWOOD da JULIO

25 HORAS DE INTERLAGOS 1976

foto:alfa b.m.   /    miniatura: JULIO   / escala:1/64

*confiram ao final da postagem fotos de modelo similuar mas que NÂO é JULIO o fabricado pela alfa


Certo ano, ja na Penske, Emerson teve diversos 'probleminhas' em algumas provas, e em uma delas, com chance de vitória, abandonou pelo rompimento de uma abraçadeira. Uma peça de valor insignificante perto da alta tecnologia de um motor, sistema de telemetria, ou um 'simples' bico de uns U$18,000.
Pois esta semana, o blog passou por um problema da mesma ordem. Fiquei sem poder postar porque simplesmente não conseguia localizar o cabo de transferência de imagens da minha maquina. Entre tantas opções de conexão, o fabricante escolhera um menos usual e assim, entre 'enes' cabos USB de dados disponíveis, justamente o que me servia...sumiu. Bueno, Deixando proezas de Mister M para lá, eu havia prometido trazer finalmente fotos do modelo Berta Hollywood do Maverick.
Na verdade, pretendia fazer um post exclusivo e apresentar algumas fotos que foram usadas na pesquisa para o layout da pintura, em que, por parecer mais sensato, apesar de mais difícil, usar a configuração original do carro "na época", e não do carro restaurado, pelo Trevisan, que vemos circulando pela web e em apresentações e exposições afora. Quando digo 'difícil', faço referencia a duas questões básicas:

-a maioria das fotos disponíveis, da imprensa da época e/ou que aparecem em matérias atuais, são em preto e branco.
-a disponibilidade de imagens é pequena nos periodicos, isto é, muito comum materia com uma, ou duas no máximo, fotos de um carro. Da mesma corrida em vários ângulos em uma mesma revista, esqueça. Se der sorte, junta uma daqui..outra de lá... e ainda tem que usar de certa percepção e investigação para saber se foi foto do treino ou da corrida (uma empresa japonesa de kits de resina cometeu algumas gafes dessa ao lançar o mesmo modelo fabricado pela alfa brazilian miniatures).


No caso do carro da equipe Hollywood, as alterações, mesmo de logo marcas quase não aconteceram e são 'quase' descartáveis. Já no caso do carro da equipe Greco Mercantil-Fibnasa, a cada prova e a cada dupla de pilotos o layout do carro se alterava, permanecendo apenas as faixas e cores.


Em um trabalho meticuloso, como é a praxe da alfa, a pesquisa do modelo se estendeu longamente e um 'vasto material' foi reunido e aproveitado de forma sabia que resultou em 8 versões diferentes e de valor histórico na coleção. Claro que tal resultado não apareceu de forma obvia. Foi preciso garimpar, ampliar fotos e verificar as vezes o carro distante do foco principal da imagem, em outras, uma propaganda e juntando pedaços daqui..dali... essas 8 versões foram fechadas. Eu poderia apresentar em 3 vistas cada uma dessas versões, mas aí é 'entregar o doce na mão da criança', como diz o jargão popular.
Essa versão que apresento agora, do carro da Greco trata-se do vencedor das 25 horas de interlagos de 1976 pilotado pelo trio: José Carlos Pace, Paulo Gomes e Bob Sharp (que sempre gosto de frisar tratar-se do colunista do otimo site Auto Entusiasta), cujo os nomes estão decalcados na porta.
Como a prova teve um longo período noturno, o carro foi equipado com farois auxiliares, reproduzidos na miniatura.
Para esta versão foram montadas rodas da HotWheels padrão. De fato estou precisando montar rodas da Orange nas minis que com certeza ficarão show.


Agora, nas fotos abaixo, o Maverick Hollywood. Mais abaixo, fotos de como foi concebido o interior espartano da mini, ainda antes do fechamento. E mais abaixo, outras duas variantes dessas representações, que são de produção de outro conhecido fabricante nacional e que aqui apresento para que nossos produtos não sejam confundidos.


Um dos detalhes desse carro é que utilizava pneus de F1 da decada de 70. Porém, é preciso ter certa noção de escala quando da aplicação de peças de outra categoria em um outro modelo, como motor por exemplo. Tal como ocorre em calculos matemáticos científicos em que os valores devem estar na mesma base, por exemplo: km com hora, metros em segundo... e assim o valor tempo ajustado na mesma medida, no caso das miniaturas, as peças que oriunda de outras miniaturas a compor uma outra, devem estar sempre na mesma escala. Porquê digo isso? porque ao fazer a pesquisa, uma das fotos que encontrei foi de um maverick de plastimodelismo, participando de um concurso/exposição inclusive...e pior, montado por alguém que é tido como 'fera', com premios e tal... pois bem... o modelo da escala 1:25 recebeu rodas de Formula 1 na escala 1:20 e o resultado ficou grotesco... e vou apresentar aqui sem divulgar, claro, o nome do incáuto. Erro semelhante e ja visto, é a colocação de motores em escala errada, como um v8 cosworth na escala 1:20 em kit na escala 1:25...
Tudo é válido quando estamos aventurando, pois eu mesmo ja cometi (não dessa ordem, pois venho do aero e nauti em que escala é palavra de ordem suprema) muitos e ainda cometo outros tantos e sempre estou buscando melhorar e agregar nas peças que disponho a colecionadores. Mas fica aqui a dica aos iniciantes e aos que ja sáo tarimbados...pow...para de chutar o balde!

Vou retomar esse assunto escala em postagem futuro e passar mais dicas, que são de certa forma, as diretriz que vão balizar o olhar no momento de compor a miniatura, pois volto a repetir, esse é um hobby, e hobby é para aliviar tensão, estress e diminuir a neura...então não faça do hobby uma neura.

Depois dessa seção de fotos, o escapamento ainda recebeu um tratamento especial simulando aparencia da pintura sobre o metal que sofreu alta temperatura.








A visivel difirença na faixa azul do padrão original do carro 
em relação à pintura do carro restaurado.

Abaixo, a perua maverick, o berta hollywood e o maverick equipe greco mercantil finasa.



Anunciado como exclusividade ha algum tempo atrás, a imagem da decal do maverck que foi pilotado por Nelson Piquet em dupla com Guaraciaba. Este ultimo formou dupla com Luiz Estêvão, aquele politico paulista investigado e apurado a participação em atos ilícitos...e que sabe deus onde se encontra...pois a imprensa sensacionalista faz o apedrejamento...e depois esquece da figura... e o resto de nós também.

Finalmente a montagem do 'piloto' dessa versão sai dessa vez. Apresentei a decal já...pois estão sendo anunciado por aí um outro maverick 1:64 do Piquet... e desta feita podem conferir evitando assim que pensem que poderia vir a fazer uso de material alheio caso meu lançamento viesse a posteriori, apesar de estar anunciado a tempos aqui pelo blog. ...é o tempo passou... e nada..., e em partes devo agradecer a isso, pois é consequência do sucesso das minis JULIO junto aos colecionadores de automoveis e apaixonados, que assim 'tomam' positivamente o tempo de desenvolvimento.


Abaixo, fotos do interior do modelos maverick berta hollywood da JULIO.




TODAS AS FOTOS ACIMA SÃO DAS MINIATURAS DE PRODUÇÃO EXCLUSIVA.
FABRICADAS PELA alfa brazilian miniatures para JULIO-Design&Customizados


Próximo post: o Comodoro 'saia e blusa' e novidades que vem por aí.

Foto de um maveco apresentado em exposição de plastimodelismo
montado por: ######## (segredo)

O modelo, em escala 1:25 recebeu rodas de F1 ao que
tudo indica, de uma miniatura na escala 1:20, 
bem provável, de um kit da marca Tamiya.
O carro acaba aparentando ser mais curto, devido a 'pequena'
diferença numérica de escala (20 para 25...'bobagem'... Não,
não é bobagem). Antes de procederem a alguma transformação,
e se caso querem fazê-la de forma séria (sim, porque as vezes apenas queremos
ter aquela referencia em uma imagem 3d e pronto...sem a preocupação mais 
extrema com a fidelidade. Lembrando... não deixe que a dita
'perfeição' ganhe força para se tornar uma neurose e
acabar como hobby... e com você também. Garanto que 
isso só transformam as pessoas em chatas e não em especialistas.

Outro sim é para a pintura, neste casso, o carro apresenta uma pintura que transitou 
de quando a hollywood participava com um maverick stock (e antes, um opala stock) e
o carro da versão final. Dois detalhes facilmente identificaveis desse padrão de pintura
é a faixa inferior em azul na lateral que é seguimentada em uma porção, frisos azuis
vericais na coluna C e no abalroado do paralama traseiro, em que depois viria
a ser posicionado o numero do carro, aqui ainda não esta com a faixa vermelha
interrompida, entre outras alterações.

O modelo apresentado pela automodelli, nas 3 escalas (1:43, 1:32, 1:64) levam a pintura
do carro restaurado, em que, a diferença maior é o numero no capô e a faixa azul, também
no capô ter outro desenho, apresentando cantos curvos que
 formam um filete que segue até a coluna A. 

Recentemente também vi uma bolha em acetato/lexan, para autorama de fenda, creio que na
Parollu, em que a pintura de finalização também segue esse formato, que o mais
facilmente visto pelo blog e nas revistas especializadas.

000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000

NOTA DE ESCLARECIMENTO:
As fotos abaixo são dos modelos da automodelli, recebidas via email e que apresento aqui para que possam verificar as diferenças e assim não confundirem nossos produtos. Qualquer dúvida, será um prazer esclarecer.

modelo de outro fabricante

modelo de outro fabricante

modelo de outro fabricante

modelo de outro fabricante

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seguidores