Seja bem vindo! Confira as matérias mais recentes mais abaixo rolando a página. Confira em nossos arquivos outras imagens e assuntos pela barra lateral a direita. Obrigado.

terça-feira, 30 de julho de 2013

MAD MAX

TUTORIAL DE UM INTERCEPTOR
Desde o lançamento, meus Interceptors road warrior do filme 1 levam o spoiler dianteiro inferior construido a mão..um a um. 
Por duas razões:
-primeiro porque o primeiro interceptor não era para venda...e sim para minha coleção e o mesmo acabou sendo 'usado' como objeto de pesquisa junto a colecionadores.
-segundo porque durante certo tempo, não se mostrou necessario confeccionar um, moldar e produzir copias, e fazendo o spoiler artesanalmente, garantiria assim a assinatura da miniatura como de minhas mãos, caso algum pirateiro de plantão resolvesse arriscar desmontar minha miniatura ou mesmo...xupinhar a ideia, o que não é dificil de ocorrer.

Pois bem..mais de 2 anos se passaram e o velho e bom interceptor continua na preferencia nacional. E se avolumam as encomendas do mesmo me fazendo virar o 'Giraya'!
Programando um upgrade para o modelo, ha incluir algumas melhorias, ainda que sutis, finalmente decidi optar por fazer uma matriz que dará origem a molde de reprodução. E agora, como fica a tal 'assinatura'? as novas 'melhorias' ficaram encarregadas disso, pois... meu formato artesanal e a pouca transferencia para o valor final fazem com que o produto não seja interessante de se copiar. Ainda que possa ser feito, em que o produto similar, fatalmente virá a custar mais que o meu.
Mas DETALHE, não se trata so de custos e valor final, se ha algo que eu, na figura do projetista, desenvolvedor e produtor por trás das miniaturas, sempre presei foi a fidelidade e homogeniedade da peça.
Não produzo apenas visando lucro (que me é necessario para sobreviver, visto que esta é a minha atividade econômica provedora), mas produzo visando também oferecer algo que de fato represente àquilo que estou propondo, sem produzir bizarrices ou grifes. Não estou preocupado em criar uma grife para ser 'bacana' e sobretaxar as minis pelo desejo alheio. To preocupado em me tornar a 'grife' pelos critérios que elejo e que satisfação mais do que o contento aos apreciadores e colecionadores.
Segue então, um tutorial de como procedia para executar o 'tal spoiller'. Vale lembrar que até então, esta mini leva apenas a parte interior e o assoalho da mini original. Sendo que o assoalho se transforma num novo chassi. Todas as demais peças, inclusive os vidros, são da produção da propria JULIO.
Acompanhem.

Como visto na foto 1, procedo ao desenho na chapa de poliestireno. Desenho este que é o inferior da peça da carroceria visto na foto 2.

Feito isso, corto a peça.

Aqui, o desenho das peças que comporão a lateral e a frente do spoiller, com as aberturas sendo feita nessa etapa.

As partes que comporão o spoiller cortadas.

Aqui, o spoiller parcialmente montado.

Fechamento da abertura central.

Teste na carroceria.

Aqui, com a parte que seria como um parachoque fixo ao spoiller.

Procedimento de pintura preto fosco. Como em todas as pinturas de varias cores, a JULIO tem procedimento de usar ao maximo o uso de tinta para as variações, minimizando o uso de decal para o efeito. No caso de preto fosco, aplicado na carroceria e lateral do carro, procede-se ao desgastante trabalho de mascaramento. Essa é uma das etapas que compete a grande tempo de produção para as miniaturas.

Spoiller com primer
...outra imagem...
...e aqui alguns dos acessorios de fabricação exclusiva da alfa, em que foi desenvolvido exclusivamente para os interceptors, não sendo aproveitado de nenhuma mini. Compressor, Polia, Scoop de Admissão.

Spoiller pintado.

Capô pintado.

Retirada da mascara...

Resultado.

Conjunto.

Aqui, ha criterio de comparação e de classificar o tempo da foto, ja que o flip car é um projeto recente da alfa para a JULIO.

Ensaio de montagem.

outra imagem do ensaio de montagem

vista superior.

Carro montado..foto ao sol... (acho que escolhi imagem errada!rs)

Vista do carro montado.

Visão traseira. O preto, ao Sol... e suas muitas reflexoes dado o brilho do verniz PU deixa o visual um pouco poluido. Esta foi a ultima peça em que optei por fazer a moldura da lanterna em prata, ja que no carro do filme é toda preta. Usava esse recurso para dar um destaque maior, ja que a mini é 1:64. Nessa mini, os canos de descarga lateral acabaram por ficar demasiadamente mais compridos. Esse também é um detalhe feito um a um.

Visão mais proxima e com parcialmente cobertura da luz solar. Acrescentar limpadores esta dentro da nova proposta dos interceptors.

Espero que tenham gostado, ou no minimo achado nteressante e que esse tutorial tenha proporcionado uma ideia do trabalho que a JULIO dispende e que acaba por conferir grande espera na sua lista de clientes. No entanto, o resultado do trabalho, mesmo agregando uma espera longa, acaba por conferir a satisfação do cliente, meu maior objetivo para que a JULIO perdure e possa viver o bastante para trazer novos projetos que retratem a historia do automobilismo brasileiro, de uma forma sem precedentes e que eu acredito que não haverá proposta similar de nenhum outro fabricante.
A JULIO é atualmente a unica marca a disponibilizar a linha Opala em todas as configurações e anos possiveis em qualquer formato de sua carroceria: cupe, sedan, perua. Esse principio segue para outras montadoras, como ford e chsysler. Acompanhe pelo blog ou pelo facebook todos os desenvolvimentos.
Paralelo a isso, a JULIO busca se dedicar a buscar os 'buracos' dentro dos movie cars e suprir tambem este tema junto aos colecionadores. Mais do que isso, a JULIO se ve fazendo escola...e como tudo que é bom é copiado, é sempre um orgulho ver uma ou outra coisa que aqui, humildemente surgiu ser implantado por outro.
Abraços

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seguidores